Logomania: a tendência que molda o streetwear!

Não é todo mundo que sabe, mas a logomania surgiu lá nos anos 90 e era bem diferente de hoje em dia, já que era uma tendência bem minimalista, que carregava as logos apenas nas etiquetas. Mas toda moda tem o seu momento de redenção para tentar a sorte de cair na boca e no armário do povo novamente e tentar ficar pra valer. Não sabemos por quanto tempo ela irá durar, mas enquanto ainda tá por aqui a gente vai aproveitar muito essa tendência!

Então a gente trouxe esse conteúdo da hora pra ajudar todo mundo que quer entrar nessa tendência de cabeça. E se você não faz ideia ou não tem certeza do que se trata essa tal de logomania, fica tranquilo, continua aqui com a gente que você vai entender:

O que é Logomania?

Pra falar a verdade, o nome é bem autoexplicativo. A logomania nada mais é do que a mania de usar logos. Literalmente. É a tendência de adotar a marca como estilo e sair da cabeça aos pés transbordando de logos e pontos de reconhecimento da marca. Pra facilitar, vamos de exemplo? As pessoas usando calça da Adidas, blusa da Adidas, tênis da Adidas e chapéu da Adidas, tudo no mesmo look. Sacou?

E é claro que a gente como não é bobo nem nada, pegamos essa ideia pra gente e logo ela tomou conta do streetwear, vem chamando a maior atenção e ocupando um espaço enorme no nosso cotidiano. E não é pra menos, já que seguir essa tendência vem deixando muita gente com um estilo irado.

O melhor de tudo é que ela é uma moda que não depende das estações do ano, já que a base dela diz respeito especialmente ao uso de logos nas peças do conjunto. Por exemplo, mesmo que normalmente você apenas combine a calça e a camiseta, no inverno é só você usar uma blusa de frio ou uma camiseta de manga comprida também da mesma marca e pronto, você se manteve nessa tendência sem nem precisar fazer muito esforço.

E é claro que, se você não tava ligado nessa tendência ainda e foi dar aquele google no assunto, acabou entrando nas imagens e viu aquelas combinação de roupa de grife, os Chanel da vida, os Louis Vuitton e afins, vai achar que isso não tem nada a ver com a gente, mas relaxa que tem sim. Confere aqui a nossa explicação:

Diferentes formas de usar

O streetwear não é uma coisa só dos skatistas e tá tudo bem. Cada um usa essa moda de uma forma um pouco diferente, que combine mais com o estilo próprio, por isso você pode acabar estranhando um pouco.

Enquanto muitas pessoas que manjam mais de moda de grife e curte essas ideias, usam roupas repletas de logos de marcas enormes e caríssimas, muitas outras pessoas que são mais gente como a gente usam essa moda de uma forma mais despojada, mais a nossa cara, usando algumas caracterizações das marcas de forma mais sutil (mesmo que ainda bem óbvia).

Além disso, é importante lembrar que o uso dessa tendência é igual tanto para os homens quanto para as mulheres, beleza? Não muda nada, já que a base dela é bem simples, basta vocês comprarem as roupas em um tamanho que te serve e que tenha a logo, fácil e sem distinção, bem mamão com açúcar, não tem nenhuma regra específica, além do fato de que a gente usa de uma forma bem mais descontraída.

Por exemplo, enquanto as roupas da Chanel andam todas estampadas com mosaicos da logo, a gente é mais chegado em combinar as listras da Adidas na calça, com uma logo menor deles na camiseta. E, é claro, a gente tá citando bastante essa marca porque ela é uma das mais fáceis de reconhecer, mas também existem muitas outras que vêm manjando da logomania, como por exemplo a Nike, a Carnan, Disturb, RipNdip e algumas outras, e você pode dar uma olhada no nosso post sobre as melhores marcas de streetwear e ir incorporando a tendência da logomania com elas.

Na real, também tem muitas marcas nacionais que vêm mandando bem demais no assunto e nós super recomendamos você a dá uma conferida, porque dá pra incorporar muito a logomania com elas, que ficaria maneiro demais, a gente tem até um post de 6 marcas do streetwear Brasil que vale a pena conhecer, caso você se interesse no assunto. Tem muita marca que é criativa na construção da marca e brinca muito com seus logos, desde as mais minimalistas, como a Class, até as mais despojadonas, como a Bolovo.

Olha era isso, pessoal. A gente espera de verdade que essas informações e dicas tenham ajudado vocês de alguma forma a mandar brasa na tendência e montar uns look da hora pra ir dar rolê. Então, até o próximo post!

Deixe um comentário