Segurança no skate: equipamentos de proteção na rua e na competição

Tem muito iniciante no skate que evita o uso dos equipamentos de segurança para parecer mais experiente ou descolado. Erro grave: andar sem capacete, joelheira e luvas (dependendo da sua modalidade) pode fazer com que seu rolê acabe bem mais cedo, te expondo a lesões que podem até te afastar do esporte. Já deu pra ver que não compensa – e acredite: quem entende mesmo de skateboard sabe o quanto a proteção é importante.

Os equipamentos de proteção para o skate são inúmeros, mudam muito de acordo com a modalidade que você pratica e podem até melhorar seu desempenho, participando de manobras e aumentando a confiança que você tanto precisa pra pegar experiência. Quer saber tudo sobre eles? É só vir com a Postal

Capacete: se vai escolher só um, escolha ele!

capacete rosa niggli

Não dá pra destacar o suficiente: cabeça só tem uma, proteja a sua! Não espere cair de maneira perigosa sem capacete para notar a importância desse equipamento, que está disponível em versões bem acessíveis, leves e confortáveis. Aqui, é importante checar a procedência do seu acessório, lembrando que aquelas versões “de brinquedo” podem até te colocar em um risco maior. Existem capacetes baratos e eficientes no mercado, com fornecedores confiáveis!

Há um ponto crucial que pouca gente conhece: seu capacete precisa ser trocado depois de um impacto importante. Isso ocorre pois ele é simplesmente feito pra quebrar no lugar da sua cabeça. Uma vez quebrado, deixa de oferecer a proteção que você precisa. Fique de olho na validade, regulações de tamanho e eficácia! 

Joelheiras e cotoveleiras: caiu, é só levantar

kit protetor o kronik preto

As joelheiras te ajudam muito a se recuperar com rapidez das quedas. As mais básicas, aquelas redondinhas, são chamadas joelheiras de impacto, e te protegem com eficiência nos tombos mais frequentes de qualquer rolê mais simples. 

Existem ainda as joelheiras de vertical, maiores e mais deslizantes, feitas para que o skatista caia escorregando na rampa ou cimento. Para downhill, você precisará das joelheiras específicas de slide, com bordas bem grandes e resistentes que inclusive permitem realizar manobras.

O mesmo vale para as cotoveleiras, que transformam os braços em elementos mais fortes, protegidos, que podem ser usados para apoiar quedas e distribuir impactos. Com um pouco de hábito sobre o skate e uma boa cotoveleira, você vai aprender as maneiras certas de cair para tirar o máximo dos movimentos e se recuperar na hora, com o mínimo de dano! 

Não esqueça das Wrist Guards e luvas

Munhequeiras ou wrist guards reforçam os punhos para que sofram o menor impacto possível durante as quedas. Desequilibrou? Você provavelmente vai esticar as mãos para se proteger e os pulsos são os locais em que o impacto se concentra com força! 

Esses pontos do corpo são bem delicados e sofrem micro lesões que podem não ser percebidas na hora, mas mostram a cara quando se realiza ações repetitivas, como a digitação. Vale a pena usar wrist guards no seu rolê, em especial se você realiza outras atividades que exigem muito dos pulsos. Além disso, são equipamentos discretos, pequenos e que não pesam. Proteção nunca é demais, né!?  

Pratica downhill? Andar de longboard speed sem as luvas é quase impossível, pois você só vai conseguir se desenvolver com apoios eficientes durante quedas e desacelerações. As luvas ainda permitem manobras inteiras que dependem do pad de acrílico posicionado na palma, feito para aguentar o atrito contra o asfalto

O tênis também pode salvar muito!

Isso mesmo que você leu. O tênis não é exatamente um equipamento de proteção, mas dar rolê com tênis inadequados para prática do skate pode fazer com que você caia e se machuque muito mais fácil. Os solados flat dos tênis de skateboard te ajudam a aderir ao shape, manipulando a direção com muito mais sutileza e estabilidade. Com eles, você sente o terreno com precisão e consegue manter o equilíbrio. 

Fuja dos tênis com solado tratorado, cheios de reentrâncias, taquinhos ou coisas do tipo. Tênis de corrida com amortecedores altos e cheios de voltinhas também não são nada indicados: eles podem se enroscar na tábua e te fazer cair feio. 

Quer fazer a escolha perfeita? Opte por um tênis de solado reto, confortável e que fique bem seguro no pé, com tecido resistente para aguentar o atrito. Modelos de cano mais alto são interessantes por oferecer suporte extra ao tornozelo. Na hora de sair pro rolê, não se esqueça de ajustar bem o cadarço! 

E aí, conseguimos te convencer das razões pelas quais se usa os equipamentos de proteção? Deixe seu comentário contando pra gente suas dúvidas e experiências. Ajude a nossa equipe a construir um espaço cheio de informação e parceria para a comunidade mais incrível dessa internet!

Pra ficar por dentro de tudo que rola no mundo do skateboard e streetwear, não perca as novas postagens do blog e siga a Postal no Instagram. É lá que a gente interage e mostra novidades da loja. Seja o primeiro a saber!

Nos vemos no próximo post. Valeu! 

Deixe um comentário