Desafio de Rua 2020 CemporcentoSKATE: saiba tudo sobre o evento!

A imagem de capa foi concedida pela Revista CemporcentoSKATE.

Você já sabe que aqui na Postal nós gostamos de estar por dentro dos melhores eventos do mundo do skateboarding, além de trazer novidades incríveis desse nosso mundão vasto que é o skate. Hoje, temos o prazer de trazer informações na íntegra do Desafio de Rua 2020 que vai rolar amanhã, dia 04 de dezembro de 2020!

Jovem skatista descansando após uma sensação de preparação olhando para a direita

Neste evento, contaremos com a presença de skatistas super reconhecidos que já foram entrevistados pela Postal. Além de ser um evento para curtir o melhor que essa cultura pode oferecer, será um local para conhecer novas pessoas e fazer amizade.

Então, se você quer ficar por dentro de tudo o que esse dia vai proporcionar, fique ligado nesse post!

Desafio de rua: história e detalhes da competição

O Desafio de Rua, criado pela revista CemporcentoSKATE em 2001, redefiniu a competição de skate. Com oito edições na história, o Desafio de Rua traz skatistas patrocinados de vários lugares para uma competição saudável, promovendo a propagação da grande cultura do skateboarding.

O evento é ótimo para propagar a fraternidade ao mesmo tempo em que não deixa de lado o espírito de sempre melhorar e superar limites. Além disso, é um modo de colocar em destaque nomes que dominam a complexidade que a prática traz, valorizando-os e colocando-os em evidência entre os melhores do Brasil.

Skatista mandando um flip em uma mini ramp outdoor

O formato colaborativo se destacou pelos próprios skatistas competidores escolherem os vencedores. Isso trouxe ainda mais sucesso ao evento, visto que o respeito e admiração entre os skatistas sempre foi algo extremamente valioso. Assim, rapidamente, o Desafio passou a fazer parte do calendário do skate nacional.

Aqui, o melhor vence pela preferência da maioria competidora, então, além de ser um local democrático, é uma maneira de todos interagirem e conhecerem outros nomes de talento – e, quem sabe, aprender muitas coisas novas!

É por isso que, no Desafio, os desportistas enfrentarão diversos obstáculos, como gap, hubba, corrimão e muito mais. É o melhor do skate nos melhores picos do nosso Brasil.

Neste ano, a cidade de São Paulo se destaca como o lar do novo estágio, justamente por estar na rota do skate internacional, com diversos picos clássicos e locais para a prática que proporcionarão momentos incríveis.

Competidores Desafio de Rua 2020: conheça os talentos!

Um evento dessa proporção não poderia deixar de trazer prodígios da prática. Por isso, os melhores foram convidados para demonstrar suas habilidades. Em 2019, Denis Silva se tornou o Skatista do Ano, e é claro que essa presença ilustre não poderia ficar de fora. Ele foi o primeiro que confirmou presença!

Skatista com a mão na cintura, descansando após a sessão

Além dele, teremos o nosso atleta, Vinicius Costa. Em nossa entrevista, ele disse que já podia imaginar a grande adrenalina e os obstáculos que o Desafio proporcionará e que está animado para vencer todos eles!

Ainda, para deixar tudo melhor, temos outros nomes patrocinados muito esperados pelo público amante das manobras. São eles:

  • Marcelo Formiga, um dos maiores do skate de rua (DGK);
  • Gabriel Carvalho (Posso!);
  • João Lucas (Mormaii);
  • Andre Willian (HUF);
  • Bruno Nones (Hocks);
  • Pipa Souza (Hocks);
  • Marcelo Batista (Diamond);
  • Vitória Bortolo;
  • Roberto Souza (Brats);
  • Wesley Borges (Lakai);
  • Yuri Fachinni (Independent);
  • Lehi Leite (Hondar);
  • Marcelo Profeta (Drop Dead);
  • Gabryel Aguilar (Grizzly);
  • Virginia Fortes Águas (Vans).

Só gente boa, certo? E ainda tem mais chegando! Já dá para ter uma noção de como esse Desafio vai ser cheio de adrenalina, amizades e superação. Tudo isso torna essa tribo única!

Entrevista exclusiva com Douglas L. Prieto, o editor da Cemporcento!

O Desafio é consagrado como um dos eventos de skateboarding brasileiros mais famosos da cena, isso porque, ao longo desse período, diversos skatistas importantes foram revelados, e muitos deles viraram lendas.

Os nomes Rodrigo TX, Fabio Cristiano, Biano Bianchin, Lucas Xaparral, Luan de Oliveira e Kelvin Hoefler são só alguns dos exemplos de skatistas que entraram no Desafio e ganharam reconhecimento, consolidando suas jornadas na área e se tornando ídolos nacionais e internacionais.

Por ter sido criado dentro de uma redação de revista, a preocupação em como registrar e contar a história do Desafio de Rua sempre foi uma das principais preocupações. É muito necessário dar ao evento, aos skatistas e aos parceiros comerciais a merecida visibilidade, já que eles estão tornando possível algo realmente pioneiro, inovador e disruptivo.

É por isso que a Postal Skate Shop descolou uma entrevista exclusiva com o editor da Cemporcento, o ilustre Douglas L. Prieto. Confira, na íntegra, o papo que rolou:

1) Primeiro gostaria de pedir para você se apresentar! Falar sobre o cargo de editor chefe na Cemporcento, como foi sua trajetória na revista até o cargo atual e até antes da revista, no segmento do skate? Se puder contar um pouco da sua trajetória com o esporte…

Meu nome é Douglas L. Prieto. Tenho 46 anos, formado em Propaganda e Marketing e tenho uma pós-graduação em Direção Editorial. Sou editor na revista desde 2010. Aqui, como colaboração, envio textos desde quando era apenas um leitor, em 1996, 1997…

Ando de skate desde 1988, até hoje, sem deixar, um dia sequer, de ter um skate montado em casa. Eu sempre andei de skate por satisfação própria, corri por alguns campeonatos, mas nunca pensei em ser skatista profissional.

Sempre gostei de ler, escrever e andar de skate, então acabei juntando tudo na profissão de editor.

2) Como surgiu, na Cemporcento, o projeto do Desafio de Rua? Como começou a ideia do Desafio e como foi sendo arquitetado até sair do papel? Qual a história dele?

Surgiu da vontade de criar uma competição que fosse em um formato diferente, com um julgamento mais próximo do que os skatistas consideram o que é andar bem de skate ou não. E que fosse em locais mais naturais possíveis, não construídos para a prática do skate, não como uma pista ou uma área de campeonato.

É andar de skate na rua, nos lugares que não foram construídos para fazer isso, mas que possibilitam a prática.

3) Como funciona o Desafio? Como acontecem as convocações, premiações, classificações etc.?

Basicamente, é um evento que a gente oferece para o mercado do skate através de cotas. As marcas que compram essas cotas, que tornam o evento possível, indicam os skatistas de suas equipes para competir no Desafio.

Todo mundo que anda nele é enviado pelas marcas. Ninguém é convidado pela CemporcentoSKATE.

A premiação é, geralmente, em dinheiro. Cada obstáculo tem um valor, então quem der a melhor manobra ou tiver o melhor desempenho naquele pico recebe uma quantia em dinheiro. Essa quantia, felizmente, foi crescendo ao longo do tempo, graças à aceitação do mercado, mais e maiores marcas envolvidas…

Assim, acabamos premiando os melhores skatistas, que são escolhidos entre os competidores. Quem anda mais, recebe essa premiação.

3.1) Já aconteceram outras edições do desafio? Se sim, quantas? Há quanto tempo vocês organizam o desafio?

No total, foram 8 edições, sendo elas:

  • 1ª Edição – São Paulo (SP), 2001;
  • 2ª Edição – São Paulo (SP), 2002;
  • 3ª Edição – Uberlândia (MG), 2003;
  • 4ª Edição – Campo Grande (MS), 2004;
  • 5ª Edição – Goiânia (GO), 2005;
  • 6ª Edição – Porto Alegre (RS), 2006;
  • 7ª Edição – Brasília (DF), 2007;
  • 8ª Edição – Belo Horizonte (MG), 2010.

4) Alguma delas foi mais marcante para a revista? Alguma teve uma participação diferente, algum destaque?

Acho que não teve nada especificamente marcante em UM desafio. Eu acho que todos eles são importantes. Quando você olha para trás, todos os skatistas que entraram em 2000, 2002, e olha para eles hoje, a história que fizeram no skate, mostra que o Desafio revelou muita gente boa. E consagrou outros que já eram muito conhecidos.

O mais legal de olhar a história do Desafio é ver as edições passadas e perceber como que esses skatistas, alguns desconhecidos, estão hoje em dia. E outros que já eram ótimos skatistas e saíram realmente consagrados.

5) Qual o objetivo do Desafio?

O objetivo é manter a essência do skate de rua viva, que é sair para andar com seus amigos, em locais que não são construídos para a prática, mas que desafiam e fazem olhar a cidade de outra maneira. Que te fazem ficar olhando o tempo todo na rua, procurando algum lugar que tenha uma inclinação boa, uma borda que escorregue, uma escada que seja possível pular.

Skate é isso, skate é olhar a cidade de uma outra maneira. E o Desafio é isso, é encontrar um lugar legal para andar de skate com seus amigos.

Essa foi a nossa entrevista com o editor da revista CemporcentoSKATE, Douglas L. Prieto. Esse conteúdo super bacana foi preparado para que você, amante do skateboarding, ficasse ciente de toda a complexidade que envolve o Desafio, o quão benéfico e legal é o evento.

O que achou? Vai ficar ligado nos resultados, né? E para conferir mais conteúdos exclusivos sobre skate, não deixe de acompanhar nosso blog. Até!

Deixe um comentário