Conheça 6 tipos de shape longboard e escolha o seu!

Montar o setup perfeito para praticar manobras iradas com o skate requer um conhecimento mais aprofundado sobre peças, materiais e formas de shapes. Também conhecidas como boards, decks e pranchas, os diversos tipos de shapes disponíveis no mercado foram criados especificamente para você mandar bem na sua modalidade!

Se você é fã do longboarding, sabe muito bem que esse gênero do skate utiliza pranchas mais alongadas para ter alta aderência ao solo e ganhar velocidade no percurso enquanto se executa tricks de diferentes níveis de dificuldade.

Quer saber como escolher a sua nova prancha para praticar esse esporte? Continue a leitura, pois o papo de hoje do blog Postal Skate Shop vem para te deixar por dentro dos variados tipos de shape longboard! Então, partiu?

Tipos de shape longboard de acordo com as modalidades do esporte

Skatistas do mundo todo sabem que os shapes precisam atender demandas específicas que os movimentos dos pés exigem durante as manobras. O melhor shape para longboarding possui de 9″ a 10″ de largura, mas quando adentramos na questão do material e da curvatura ideal, cada modalidade tem os seus requisitos.

Para entender a cena, é importante ter em mente qual será o principal uso que você fará da sua prancha para ter melhorar suas habilidades em diferentes pistas de skates. Por isso, listamos as seis modalidades mais famosas do longboarding junto com orientações detalhadas sobre qual tipo de shape longboard é o mais indicado para você.

Se você ainda é novato no mundo do skate, vale a pena dar uma lida no post “Gírias de skatista: pra você nunca mais se confundir!“. Assim, você já entra na hype e consegue acompanhar o assunto com tranquilidade!

1) Shape longboard para Street

O street skate consiste em manobras que exploram tudo o que tiver na cena. Para ter o melhor desempenho, o tipo de shape longboard para essa modalidade pode ter tail e nose para ajudar nas manobras. Ou seja, ambas extremidades da prancha são levemente curvadas.

2) Shape longboard para Dancing

O dancing diz respeito a modalidade que o skatista mistura passos de dança e tricks enquanto roda por aí com seu skate. A sessão de dancing pode ser considerada uma vertente do freestyle skateboarding. Para garantir o sucesso da execução, um shape longboard para dancing precisa ter mais de 42”. Logo, a semelhança com uma prancha de surf é mais forte ainda nessas versões!

3) Shape longboard para Cruising

O interesse do cruising é curtir o momento sobre a prancha, passeando em lugares planos e com ladeiras de leve inclinação. Para os amantes do longboarding, vale a pena investir no shape flat ou do tipo pintail. Esta versão tem o formato mais alongado e fino nas extremidades do skate, lembrando o desenho de uma gota.

4) Shape longboard para Downhill Slide

O desafio estimulante das descidas agressivas que a modalidade downhill slide (também conhecido por freeride) proporciona ao skatista exige equipamentos e métodos apropriados para a prática do esporte. Além do uso de capacete, luvas de slide, cotoveleira e joelheira, é importante utilizar um skate longboard com formato simétrico, sem tail, sem nose e sendo concavo, para melhorar o encaixe dos seus pés na execução das manobras.

5) Shape longboard para Downhill Speed

Aqui a velocidade é o foco! Para te auxiliar na aceleração do movimento com o skate, invista em pranchas mais rígidas e sem tail ou nose. Também é interessante que o shape seja côncavo para favorecer a aerodinâmica e descer com rapidez as ladeiras mais íngremes.

Fatores que diferenciam os tipos de shape longboard

De forma geral, o skatista ou longboarder que se considera veterano já consegue entender quais características são essenciais para identificar cada versão de shape longboard. Acertar na escolha da sua prancha e garantir uma ajuda extra para lançar tricks maneiros estão diretamente relacionados com a busca de informações sobre os seguintes aspectos:

  • Resistência: quanto maior a resistência do seu shape, mais benefícios ele trará na hora de praticar manobras radicais;
  • Leveza: shapes leves têm a vantagem de serem mais práticos para executar tricks diferentes;
  • Tamanho: como o próprio nome do longboarding diz, os shapes possuem formato mais alongado, e tamanho mínimo de 40″ ou 100 centímetros, sendo perfeitos para oferecer estabilidade ao skatista;
  • Concave: remete à presença de curvatura do shape voltada para dentro. Quando a prancha não é côncava, o shape se chama flat.

Melhores materiais para shape longboard

Lado a lado da história do skate, podemos perceber a evolução nos materiais e designs aplicados na fabricação dos componentes do board! Conheça agora as três principais opções de materiais resistentes e duráveis que você encontra em lojas esportivas:

Shape longboard de fibra

O shape longboard de fibra é formado por 6 lâminas e 1 camada feita de fibra de vidro para aumentar a qualidade do produto final. É considerado um dos shapes com melhor custo benefício pois entrega alta resistência para mandar ver nas manobras.

Shape longboard de maple canadense

Esse tipo de prancha contém 7 lâminas e é fabricada com prensa individual e furação digital. Leve e com excelente durabilidade, os shapes longboard fabricados com maple canadense são ideias para executar tricks desafiadores.

Shape longboard de Marfim

O selo de fabricação brasileira com alta qualidade pode ser encontrado no shape longboard de marfim! A madeira do Brasil proporciona resistência, flexibilidade e leveza, tudo o que você precisa para ter a experiência dos seus sonhos sobre a prancha.

Agora que você já sabe tudo sobre tipos de shapes longboard, que tal continuar acompanhando os incríveis conteúdos que preparamos aqui no blog da Postal Skate Shop? Atualizamos nossa página semanalmente para te deixar informado sobre o universo do skateboarding.

Nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário