Lixa de skate: conheça os tipos e aprenda como limpar

Ao lado dos shapes, trucks e rodas, as lixas são peças essenciais na hora de montar um setup de skateboard. Mesmo assim, muitos skatistas têm dúvidas sobre qual lixa comprar para montar o seu skate – afinal, existem vários tipos de lixa no mercado, cada uma com suas próprias especificidades.

Além disso, muitas dúvidas também surgem quando o assunto é manutenção da lixa do skate, afinal, pode ou não molhar? Quais cuidados devemos tomar na hora da higienização? Existe algum tipo de lixa resistente à água?

Calma, calma, irmãozinho. No post de hoje respondemos todas essas perguntas e te damos aquela ajudinha na hora de escolher a melhor lixa para montar o seu setup. Bora lá?!

Para que servem as lixas de skate?

A principal função da lixa é criar uma zona de atrito entre o tênis do skatista e o shape. Colada no deck, a lixa permite que o skatista faça manobras sem que os seus pés deslizem sobre a prancha, o que traz maior estabilidade aos movimentos.

Lixa de skate Postal sendo aberta

Por isso, a lixa também funciona como uma peça de segurança, uma vez que muitas tricks não podem ser feitas sem que a lixa esteja no shape. A aderência propiciada pela aspereza da lixa é fundamental para lançar manobras, mantendo-se sempre protegido.

Aliada a essas funções, a lixa ainda tem por função proteger o shape dos raios solares e da umidade da chuva. Por isso, é muito importante que esse acessório seja feito com um material de qualidade, de alta resistência.

Tipos de lixa de skate: qual escolher?

A maior dúvida dos skatistas – principalmente dos iniciantes – diz respeito a qual lixa escolher para compor o setup. A verdade é que não importa se você vai escolher uma lixa nacional ou importada. Nessas horas, o que realmente importa é o material que a compõe.

No mercado de skateboarding existem vários tipos de lixas com particularidades próprias. As lixas nacionais, embora apresentem um baixo custo, geralmente são feitas de papel, podendo rasgar com maior facilidade durante alguma trick, ou ainda ao contato direto com a água.

Lixa de skate Sigilo esticada em um fundo branco

Devido a aspereza, as lixas nacionais também tendem a gastar mais o tênis com o passar do tempo. Mas vale lembrar que o desgaste do solado também depende da frequência com a qual você anda de skate e dos tipos de manobras que você faz durante a session.

Por exemplo, para aqueles que curtem manobras como a darkslide, na qual a lixa do skate desliza em superfícies como corrimões e caixotes, uma lixa de papel não seria a melhor opção para você, visto que a possibilidade de rasgar em poucos usos é bem grande!

Há ainda no mercado as lixas microperfuradas. Elas apresentam pequenos furos que auxiliam na ventilação durante a aplicação da lixa, evitando as famosas bolhas no shape. Geralmente, este tipo de lixa é menos áspera, apresentando menos grânulos de areia, mas sem perder em nada em aderência.

Por fim, temos as lixas emborrachadas. Muito utilizadas na gringa. Essas lixas são muito resistententes, pois o material emborrachado do qual são feitas evita com que a lixa se rompa ao contato com a umidade. Também funcionam em manobras que necessitam do alto desempenho dessas peças.

Seja nacional ou importada, a escolha da lixa perfeita vai depender da sua frequência de uso do skate, das manobras que você lança e, principalmente, dos seus objetivos dentro do esporte!

Como fazer a limpeza da lixa de seu skate

Na real, uma lixa suja em nada prejudica a sua performance durante as manobras de skate. No entanto, sabemos que a presença de sujeiras no revestimento do shape tende a comprometer a estética de o seu skateboard.

A gente já deixou claro aqui que a lixa é responsável para dar a aderência do tênis com o deck, certo? Por esse motivo, a limpeza de sua lixa não pode ser feita com escovas! As cerdas podem remover a aderência do material, pois ao mesmo tempo que se limpa, se desgasta a lixa. Você também não deve utilizar materiais abrasivos, visto que eles podem comprometer a integridade de sua lixa. Então, evite!

Lixa de skate curvada em um fundo branco

Mas, então você deve estar se perguntando: como fazer a limpeza de uma lixa de skate? Bom, essa é uma tarefa simples, que não exige materiais de difícil acesso.

Se a sua lixa já estiver muito gasta, ela provavelmente vai apresentar algumas ranhuras, portanto, jamais lave seu skate debaixo de uma torneira. Assim você estimula os rasgos da lixa, bem como diminui o tempo de vida do acessório. Fora que, se a água adentrar as ranhuras, pode causar o estufamento do deck de madeira, quebrando o skateboard de dentro para fora. E aí, já viu: sem skate, sem session, sem rolê.

Você pode limpar a lixa de seu skate de duas formas. Primeiro, utilizando um pano úmido (e não molhado). Assim, você remove as impurezas incrustadas na parte superior do skate sem comprometer a aderência.

Ou ainda, você pode utilizar pincéis úmidos em uma solução de água e detergente para remover a gordura e as sujeiras em geral. Após passar o pincel na lixa, deixe-a secar naturalmente ao sol.

E agora vem a nossa dica de ouro. Para deixar a lixa novinha, como se tivesse acabado de sair da loja, utilize um limpa pneu em espuma e espalhe o produto com um pincel seco por toda a extensão da lixa. Assim que terminar a aplicação já é possível notar a grande diferença. A sua lixa vai ganhar uma coloração mais expressiva, e aí, meu amigo, é só tascar-lhe o seu pisante sem dó.

Como trocar a lixa de um skate?

Se a sua lixa vem perdendo aderência, talvez esteja na hora de trocá-la. Para fazer a substituição da lixa, siga alguns passos importantes que vão garantir uma aplicação de qualidade:

  • Retire os parafusos acoplados ao shape e faça remoção dos trucks.
  • Com o auxílio de um secador de cabelos em temperatura alta, aqueça toda a extensão do shape para derreter a cola da lixa.
  • Após o derretimento da cola, puxe a lixa do shape e faça a sua retirada.
  • Confira se a lixa que será aplicada é compatível com o tamanho do shape.
  • Agora, é preciso que você tenha bastante cuidado, porque a cola é muito forte. Se colar errado, a lixa será perdida. Então, remova o plástico que recobre o adesivo e alinha a lixa com o shape.
  • Comece fixando uma das pontas com batidinhas leves e depois cole a lixa por toda extensão do shape, respeitando a sua ergonomia.
  • Para melhor fixar a lixa, dobre a película protetora em uma espécie de espátula e a esfregue sobre a lixa para retirar eventuais bolhas de ar.
  • Para cortar as rebarbas que sobraram você pode utilizar um estilete. Faça o contorno do skate com o estilete enquanto puxa as sobras com a mão livre. É importante que você dê bastante atenção na hora de recortar as sobras do nose e do tail – as extremidades do shape – para não ter perigo de remover rebarbas em excesso.
  • Após a retirada das rebarbas, utilize um pedaço da lixa que sobrou e dê o acabamento, lixando as laterais do skate.
  • Com a lixa já colada, abra os buraquinhos nos quais irão ser instalados os parafusos. Já aproveite e instale os trucks novamento no shape.
  • Prontinho! Agora que a lixa já está colada, o sucesso é garantido! Já pode lançar aquela session.

Calma ae, parceiro. Antes de ir para o rolê, deixe nos comentários o que achou do nosso post de hoje. Se curtiu as nossas dicas, compartilhe! Fique ligado ainda na nossa página do instagram, lá você fica conectado do melhor da moda streetwear e do vasto universo do skateboard.

Até a próxima!

Deixe um comentário