TOP 5 melhores skatistas brasileiros para se inspirar

O Brasil é uma verdadeira mina de talentos. Em solo nacional encontramos grandes skatistas de renome global no universo skateboarding. 

A verdade é que sempre contamos com grandes skatistas nos representando em diversos campeonatos, fazendo-se símbolos do esporte nacional, atraindo milhares de fãs e inspirando os skatistas mais novos.

No post de hoje, você vai conhecer alguns dos melhores skatistas brasileiros para se inspirar e perceber que se eles conseguiram, você também consegue chegar lá.

Grandes skatistas brasileiros 

Muitos são os talentos que o nosso país coleciona no mundo dos esportes e no skateboarding não poderia ser diferente, não é mesmo? Saca só a seleção Postal de melhores skatistas brasileiros:

1. Sérgio Fortunato de Paula

Comecemos por uma lenda viva do skate brasileiro. Sérgio Negão foi um dos primeiros skatistas a chegar em campeonatos internacionais. Em 1979, no primeiro Campeonato de Prancha, Sérgio Negão atingiu o terceiro lugar, mostrando para o mundo o seu grande esforço e talento.

Rosto sorridente do skatista Sérgio Fortunato

O grande destaque de Sérgio Fortunato de Paula é a modalidade de skate vertical, aquela modalidade em que os skatistas fazem manobras em rampas. Não à toa, o skatista brasileiro coleciona alguns títulos muito importantes ao longo de sua carreira como o de bicampeão no Campeonato de Bowl na Alemanha e um troféu que o consolidou como o melhor skatista dos anos 80.

Muito conhecido pela trick 540° (1 volta e meia), o profissional espera encerrar a sua carreira com um 900° (2 voltas e meia). 

2. Bob Burnquist

Em nosso segundo lugar não pode deixar de entrar o carioca Bob Burnquist. Atualmente, o skatista é considerado o maior recordista de medalhas dos X-Games – um dos maiores campeonatos de skate do mundo – carregando 30 títulos.

Skatista Bob Burnquist fazendo manobra com skate

Quando o assunto é skate vertical, Burnquist é o melhor e talvez o mais conhecido em solo nacional. Skatista inacreditável, ele conseguiu executar uma manobra a muito considerada impossível, visto ter sido feita pela primeira vez pelo lendário Tony Hawk em 1999.

Skatista Bob Burnquist em pé com skate na mão

E foi assim que pela execução de manobras insanas e inéditas que lança e pela organização de campeonatos de Mega-Rampa que Burnquist ficou conhecido. Inclusive, onde você acha que se encontra uma das maiores Mega-Rampas do mundo? Isso mesmo, no quintal de Burnquist. 

3. Luan de Oliveira

Não tem como falar de skate nacional, sem falar de Luan Oliveira. O cara é simplesmente incrível. Com sua técnica e humildade Oliveira conquistou uma legião de admiradores e amantes do skate, sendo um dos maiores influenciadores de skatistas brasileiros da atualidade.

Skatista Luan de Oliveira sorrindo e olhando para a câmera com o skate na mão

Aliás, Luan Oliveira foi o primeiro brasileiro a ganhar uma etapa do Street League e chegar ao ranking do overall liderado por ninguém menos que Nyadja Huston. Em 2018, o skatista ganhou o BAT em uma disputa contra Chris Joslin.

4. Sandro Dias

O famoso mineirinho é um skatista brasileiro com muita experiência. Não à toa, começou a andar de skate com apenas 10 anos de idade e é considerado como o legítimo rei do 540° em solo nacional. Com apenas 13 anos, Sandro já subia aos pódios, conquistando o título de campeão brasileiro da modalidade street.

Skatista Sandro Dias fazendo manobra com skate

O primeiro torneio profissional do skatista rolou em 1989 na Alemanha, o que lhe gerou a trigésima primeira posição. Depois disso, o mineirinho virou lendário colecionando diversos títulos para a sua carreira como o Slam City Jam e o Latin X Games, mas o ápice de sua carreira chegou com o título de bi-campeão em dos X-games em 2007.

Aliás, seguindo Tony Hawk e Bob Burnquist, Sandro Dias foi o terceiro skatista do mundo a conseguir lançar o 900°.

5. Letícia Bufoni 

O nosso quinto lugar não poderia estar melhor representado. Letícia Bufoni entrou para as pistas muito cedo, com apenas 9 aninhos de idade. Embora, inicialmente, com pouco apoio do pai, Bufoni não desistiu e seguiu firme no universo do skateboarding.

O seu legado começou quando foi estudar na Califórnia, deslanchando na modalidade street, a qual ela participa algumas vezes na categoria masculina, no entanto, Letícia Bufoni foi a primeira brasileira a ganhar a primeira etapa do Street League Feminino. Nos X-games de 2019 em Shanghai, Bufoni conquistou o primeiro lugar na categoria street.

Skatista Letícia Bufoni sentada em sofá, com skate ao lado apoiado

Muito além de “princesinha do skate”, a skatista já participou de programas de TV como o Canal Off, no qual conseguiu um reality show próprio para mostras as suas atividades. 

Bufoni já fez vários ensaios fotográficos e ainda foi eleita “Personalidade do ano” pela revista Época, além de ter sido a única skatista referenciada pela Forbes na lista Under 30, como uma das mulheres mais poderosas do universo esportivo. E como se não bastasse tudo isso, a grandiosa skatista virou personagem do game Tony Hawk’s Pro Skater 5. A mina é braba tio!

Fechou, galera. Esse foi o nosso TOP 5 de hoje! E aí o que achou? Conta pra gente nos comentários quais skatistas vocês acham que deveriam ter entrado em nossa listinha. Quem sabe a gente não lança um TOP 5 2.0 de melhores skatistas brasileiros  de todos os tempos. O que acham?

Fiquem ligados, que aqui é toda semana com conteúdo novo relacionado ao universo do skate. Vocês não vão perder essa, né?!

Até a próxima!

Deixe um comentário